sábado, 29 de agosto de 2009

Meio-Dia em Ponto - Provérbios sacanas

Quem ri por último é retardado.
Quem ama o feio é cego.
Alegria de pobre é impossível.
Quem com ferro fere não sabe como dói.
Sol e chuva, vou sair de guarda-chuva.
Em casa de ferreiro só tem ferro.
Quem tudo quer, tudo tem.
Gato escaldado... morre.
Quem espera sempre cansa.
Os últimos serão desclassificados.
Há males que vêm para pior.
Água mole em pedra dura tanto bate que acaba a água.
Quem dá aos pobres... paga o motel.
Depois da tempestade vem a gripe.
Quem vê cara não vê o resto.
Devagar nunca se chega.
Antes tarde do que mais tarde.
Boca fechada não fala.
Águas passadas já passaram.
Em terra de cego quem tem um olho é caolho.
Quem cedo madruga fica com sono o dia inteiro.

E mais...


Diga-me com quem andas... que se for de carro, quero carona.
É chato ser bonito... mas é muito mais chato ser feio.
Quem sabe, sabe. Quem não sabe vira chefe.
O importante não é saber, mas ter o telefone de quem sabe.
Não sou um completo inútil... ao menos sirvo de mau exemplo.
Ha males que vem para o bem... mas a maioria vêm para o
mal mesmo.

Depois da tempestade... o trânsito para!
Há duas palavras que abrem muitas portas: Puxe e Empurre.
Quando um não quer... o outro insiste!
Os últimos serão os primeiros... a tomar bronca pelo atraso.

2 comentários:

exoticlic.com disse...

palmas pro texto distorção de itados populares amei!!

Bronca no Trombone disse...

Legal que você gostou, pois eles são bem antigos na internet. Mas toda vez que leio dou muita risada, portanto, continuam válidos, não é?

Obrigado pelo comentário!

André