terça-feira, 30 de junho de 2009

Fim de Noite – Piadas para rolar de rir

ÓCULOS MÁGICOS

De férias no Japão, Manoel entra em uma loja de produtos de alta tecnologia e se depara com um par de óculos que custam 10 mil dólares! Embasbacado com o preço, ele imediatamente pergunta ao vendedor o que os óculos têm de tão especial, e ouve a resposta na ponta da língua:

- Estes são os novos óculos Nude Look! Com eles o senhor poderá ver todas as mulheres sem roupa! Basta olhar para elas vestidas e os óculos mágicos cuidam do resto, deixando-as completamente nuas!

Inicialmente, ele não acredita, mas experimenta os óculos e logo vê o vendedor japonês totalmente sem roupa! Então, ele resolve gastar todo o seu dinheiro e levar pra casa essa grande invenção tecnológica!

Saindo do estabelecimento, feliz da vida e muito ansioso, ele logo vê uma linda japonesa de seios fartos e nádegas perfeitas, vestida com uma blusa de lã e calça comprida, mas isso não era problema. Sem titubear, ele pega os seus óculos mágicos e vê a oriental completamente nua:

- Ah, que mulher...

De pau duro no meio da rua e gozando de felicidade, ele vai para o aeroporto pegar o avião para Portugal e lá dentro vê todas as aeromoças como vieram ao mundo. Depois, vê a comissária de bordo, a morena estonteante que estava ao seu lado...

Descendo em Lisboa, excitadíssimo com a novidade, Manoel vê todas as suas conterrâneas nuas durante todo o trajeto e entra em casa correndo, cheio de saudades e querendo ver Maria nua sem ter o trabalho de tirar a roupa! Entrando no seu quarto, com os óculos no rosto, ele vê Maria nua e corre para abraçá-la! Antes de tocá-la, ele olha para o lado e vê Joaquim, o seu melhor amigo, também nu, tranqüilamente sentado na sua cama! Mais do que depressa, Manoel tira os óculos e, assustadíssimo, constata que o seu amigo continua nu, assim como Maria! Então, ele coloca os óculos e eles estão nus; tira os óculos e continuam nus... Aí, o portuga exclama, indignado:

- Raios! Esta merda de óculos já quebrou!

OS TRIGÊMEOS BALEADOS

Certo dia, uma mulher grávida de trigêmeos estava na fila de um banco quando um assaltante invade o local e lhe dá três tiros na barriga acertando uma bala em cada bebê.

Como só acontece em piadas sem-graça, a mulher conseguiu sobreviver juntamente com os seus filhos.

Passados exatamente onze anos, um dos filhos da mulher vem correndo em sua direção e fala:

- Mãe, mãe! Eu estava no banheiro mijando, quando de repente uma bala saiu pelo meu pinto!

Então, a mãe lhe explicou o incidente ocorrido durante sua gravidez.

Dias depois, veio o outro filho com a mesma conversa:

- Mãe, mãe! Eu estava no banheiro, mijando, quando de repente uma bala saiu pelo meu pinto!

Ela também lhe explicou a história do assalto.

Logo em seguida, veio o terceiro filho, gritando todo aflito:

- Já sei! Já sei! Disse ela, você também estava mijando e, de repente, uma bala saiu pelo seu pinto, não é?

- Nada disso, mãe! Eu estava batendo uma punheta e matei a empregada!

O GAROTO E O TREM ELÉTRICO

A mãe estava trabalhando na cozinha e de lá ouvia o filho brincar com o novo trem elétrico na sala. Ela escutou o trem parar e seu filho dizer:

- Todos os idiotas que querem desembarcar, saiam desta droga de trem agora, porque essa é a última maldita parada!

E todos os imbecis que estavam voltando e desejam entrar na droga deste trem, coloquem suas bundas no trem agora, porque nós vamos sair com esta porcaria logo! A mãe ficou horrorizada, foi à sala e repreendeu o garoto:

- Nós não usamos esse tipo de linguagem aqui em casa!!! Vá já pra seu quarto e fique lá por 2 horas! Quando você voltar, poderá brincar com seu trem, mas só se usar uma linguagem adequada!

Duas horas depois, o garoto sai do quarto e volta a brincar com seu trem. Logo, o trem pára e a mãe escuta o filho dizer:

- Todos os passageiros que estão desembarcando do trem, por favor, lembrem-se de levar seus pertences pessoais. Agradecemos a todos por viajar conosco hoje e esperamos que tenham tido uma ótima viagem.

Embevecida, a mãe continua a escutar o pequeno garoto em sua brincadeira. E ele continua:

- Para aqueles que já estão embarcando, pedimos que acomodem suas malas de mão debaixo dos assentos. Lembrem-se que não há área para fumantes no trem. Esperamos que todos tenham uma viagem prazerosa e relaxante!

A mãe já ia correr até a sala para elogiar o filho, quando o guri completou:

- E para aqueles que estão putos da vida com o atraso de 2 horas, reclamem com a filha da puta que tá lá na cozinha!!!

IH, E AGORA?

Manoela sempre que quer ir visitar alguém, telefona antes para avisar. Certa vez, ela chegou na casa da prima Maria, que a recebeu com uma cara de espanto. A Manoela estranhou:

- Não ouviste o meu recado, opá? Telefonei e deixei uma mensagem na secretária eletrônica! Depois do bip eu falei: "Avisa a tua irmã que estou indo para aí."

E a Maria:

- Mas nós não temos uma secretária eletrônica, opá!

E a Manoela:

- Ih, e agora? Neste caso, espero que a pessoa pra quem eu telefonei não tenha irmã!

CARTA AO COMPUTADOR

O português, desta vez, se saiu bem. Após ter escrito diversas cartas reclamando algumas coisas ao diretor de uma fábrica, Manoel estava puto da vida porque não recebia nenhuma resposta. Um dia, o portuga teve uma idéia brilhante e mandou a seguinte missiva:

Estimado computador, já que és tu quem decides tudo, não passando o diretor dessa fábrica um mero testa-de-ferro de merda, resolvi me dirigir diretamente a você, para ver se podes resolver o meu problema...

Em dois dias, o portuga recebeu a resposta.

Continue lendo >>

Fim de semana terá chuvas no Sudeste

Uma nova área de instabilidade irá se transformar em um sistema frontal e avançar pelo Sudeste a partir de sexta-feira – talvez até um pouco antes –, trazendo chuvas e queda de temperatura.

No dia 2 de julho, a frente fria estará atuante entre os estados do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. À noite, atingirá o sul do estado do Rio de Janeiro, com chuvas esparsas.

Sexta-feira, chove no Rio quase o dia todo, com períodos de de céu nublado e melhorias ocasionais.

No sábado, as chuvas continuam no Rio de Janeiro e até em parte de Minas Gerais, que, nesta época do ano costuma ser de estiagem. O tempo melhora no Rio após o meio-dia. São Paulo também terá tempo nublado, melhorando no decorrer do dia. As temperaturas caem. A noite de sábado promete ser de tempo bom com alguma nebulosidade e frio na maior parte das regiões.

Toda vez que um sistema frontal passa rapidamente pela Região Sul, pode-se esperar queda brusca da pressão atmosférica, ventos com rajadas e ressacas no litoral. Depois, para compensar, se dá a entrada do anticiclone polar, que costuma derrubar bem as temperaturas, inicialmente no Sul e depois no Sudeste, mas já com menor intensidade.

Então, o próximo final de semana poderá ter geadas em alguns pontos da Região Sul com temperaturas próximas a 0ºC nas regiões mais altas.

Continue lendo >>

segunda-feira, 29 de junho de 2009

VÊM AÍ… NOVAS REVISTAS DE PASSATEMPOS

São Paulo e algumas regiões da Grande São Paulo serão contempladas, em breve, com uma nova série de revistas de passatempos da Editora Almare.

(A IMAGEM ABAIXO É MERAMENTE ILUSTRATIVA)

Famosos

As revistas são coloridas, com até 3 passatempos por página, dependendo do título. O preço de capa será R$ 3,90.

Quem for de outro estado poderá encomendar as revistas junto à editora.

Esses detalhes, eu fornecerei depois, quando estiver tudo acertado.

Mas uma coisa posso garantir: está nascendo uma nova forma de fazer passatempos. Vocês vão gostar!

Continue lendo >>

Mensagens para Meditação – Mensagem do 4º Dia

SOU UMA PESSOA DO BEM

Sou filho de Deus, em carne e essência.

Sendo Seu filho, só posso ter bom caráter, ser honesto e praticar o Bem.

Por ser uma pessoa do bem, desejo continuar sendo e espero isso do meu próximo.

Irradio pensamentos positivos a todos aqueles que, por ventura, estiverem se desviando do caminho do Bem.

E também emano energias positivas àqueles que são do bem e pretendem continuar sendo.

Que essas pessoas, as do bem, tenham cada vez mais sucesso em suas vidas, em todos os sentidos.

E que eu, por desejar isso, com toda a sinceridade do meu coração, também tenha sucesso na minha vida.

Vivo pelo bem, para o bem e através do bem. Eu só faço o bem, desde quando acordo até a hora em que vou dormir.

Esta é uma verdade que levo para a minha mente, e ali deve ficar. Sempre.

Continue lendo >>

Esculturas humanas

Deus presenteia alguns de Seus filhos com dons que ultrapassam os limiares da imaginação.

No vídeo a seguir, você verá do que é capaz uma pessoa, que tem o dor da arte, fazer quando está inspirada…

O vídeo é do Jornal Hoje, como vocês puderam perceber, e os créditos são todos da Rede Globo de Televisão.

Fiz apenas divulgar a reportagem que achei interessante para ser postada aqui no blog.

Continue lendo >>

domingo, 28 de junho de 2009

EXTRA – Passatempo novo – CRUZA SOMA

Decidi publicar este passatempo por achar que vocês vão gostar, já que ele, mesmo em seu nível FÁCIL, é trabalhoso, o que lhe confere um sabor diferente.

Quem não entender como se faz, basta me mandar um e-mail ou postar algo nos comentários, OK?

A solução deste passatempo darei durante a semana em algum post EXTRA.

Divirtam-se!

Cruza Soma 1

Deixe um comentário, dizendo o que achou deste novo passatempo. Na verdade, eu o inventei (acho que eu o inventei, pois no mundo devem existir n-passatempos iguais ou parecidos a este) há muitos anos e, pela primeira vez, o passatempo será aproveitado em nível internacional.

Continue lendo >>

OMBRO AMIGO – Não passou no vestibular

Na atual conjuntura sócio-econômica, o jovem tem entrado no mercado de trabalho cada vez mais cedo. E isso muitas vezes ocorre durante a sua fase estudantil. Daí, quando chega o vestibular, os resultados podem não ser tão animadores como se esperava. E as cobranças acontecem, querendo ou não.

Se você passou por essa situação uma ou mais vezes, não desanime. Faça um esforço aqui, outro ali e estude o máximo que puder, pois, sem dúvida, isso será um dos maiores investimentos que você estará fazendo na sua vida.

Cobranças à parte, o vestibular representa uma espécie de ícone poderoso, que precisa ser derrotado tão logo o estudante conclui o 2º grau.

Mas quem trabalha durante o dia e estuda à noite sabe o sacrifício que isso significa.

E vestibular não prova a capacidade de ninguém. Conheci muitos CDFs, mas que eram inseguros pacas, que, no dia do vestibular, confessaram que “deu um branco” na hora de responder várias questões e acabaram não sendo aprovados para faculdade nenhuma.

Então, o negócio é não endeusar o vestibular. Estudar normalmente nos 3 anos de colegial (hoje, é ensino médio) e no último ano reforçar as matérias em que se sente mais inseguro.

Logo, o vestibular deverá ser banido de vez como instrumento para se ingressar em uma faculdade. Eles devem fazer como em muitos países: avaliar o histórico escolar do estudante, o que é mais certo, eu acho.

Continue lendo >>

sábado, 27 de junho de 2009

Fim de Noite – Piadas pesadas

ENTENDENDO MAL

Um mineiro rico estava passeando a pé no Rio de Janeiro quando um negão apontou-lhe uma arma e falou:

- Me dá esse redondo aí!

O mineiro, apavorado, foi logo abaixando as calças e arreganhando a bunda. Nervoso, o negão deu-lhe um chute no rabo e gritou:

-Eu tô falando do relógio, mineirinho viado!

SURUBA NA FLORESTA

Estava havendo a maior suruba na floresta. Cada bicho transando com outro de qualquer espécie. O lobo com a macaca, o jacaré com a girafa, o papagaio com a hiena, a lagartixa com o rinoceronte...

Até que chegou o leão e deu a maior bronca:

- Ô, pessoal! Assim não dá! Desse jeito vocês vão acabar mudando a natureza animal. Ou vocês transam com alguém da sua espécie ou façam como jumento, que está usando camisinha...
Aí o jumento vira-se pra ele e diz:
- Não é camisinha não... é que a cascavel tá me fazendo uma chupetinha!

CASO RARO

O sujeito está andando na rua quando um mendigo velho e sujo pede um real para tomar um café. Ele diz ao mendigo:

- Venha comigo até o bar que eu lhe pago um drinque.

- Eu não bebo! - diz o mendigo - Só quero um real para tomar um café.

- Eu lhe dou um maço de cigarros e um charuto.

- Eu não fumo! Só quero um real para tomar um café. – disse o mendigo.

- Vamos jogar 10 paus no bicho. Se você ganhar, o prêmio é seu.

- Eu não jogo! Só quero tomar café. – disse o mendigo, cada vez mais aflito.

Finalmente, o sujeito diz:

- Eu vou te levar para casa para conhecer minha mulher. Ela vai te fazer o maior café da manhã que você já tomou.

- E por que o senhor iria fazer uma coisa dessas? - pergunta o mendigo.

- Simples! Quero que ela conheça alguém que não bebe, não fuma, não joga e veja qual foi o resultado. – disparou o sujeito.

CONFISSÕES MACABRAS

No confessionário, chega um sujeito cabisbaixo e diz:

- Padre, o senhor soube que o Mário morreu?

- Que tristeza, filho... Mas o que aconteceu com ele?

- Ele estava dirigindo o seu carro esportivo em direção à minha casa a toda velocidade e, quando ia chegando e tentou parar, os freios falharam e o carro chocou-se no poste. Mário foi lançado pelo teto solar, voou uns 10 metros e acabou se arrebentando contra a janela do meu quarto, no segundo andar!

- Meu Deus, que modo horrível de morrer!

- Não padre, ele sobreviveu. E então, no chão do meu quarto, todo arrebentado, sangrando e coberto de vidro, ele tentou se levantar, segurando na maçaneta do meu guarda-roupa, que é muito pesado, que acabou desabando em cima dele, quebrando vários ossos de seu corpo.

- Pobre Mário! Que morte terrível!

- Não padre, isso o machucou muito, mas não o matou! Com muito esforço, ele conseguiu sair debaixo do guarda-roupa, gatinhou até a escada, tentou se levantar apoiando-se no corrimão, mas o peso dele quebrou o corrimão e ele desabou por toda a escada, ficando estatelado no chão com um ferro do corrimão fincado em sua barriga...

- Meu Deus... Mas que horror morrer assim!

- Não, padre, ele não morreu! Ele conseguiu arrancar o pedaço de ferro de sua barriga, se rastejou até a cozinha e tentou se levantar apoiado no fogão, que também não agüentou o seu peso e caiu sobre o pobre coitado... E o pior de tudo é que eu tinha deixado um bolo assando no forno e ele não agüentou o calor. Juntou todas as forças e jogou o forno contra os armários. Depois disso, ele abriu a geladeira para aliviar as queimaduras com gelo, mas tropeçou e acabou caindo dentro dela, em cima dos comes e bebes, se machucando ainda mais com as prateleiras, e lá ficou, todo ensangüentado...

- Que morte sofrida, Nossa Senhora!


- Não, não! Ele conseguiu sobreviver a isso, padre! Alguns minutos depois, ele acordou com muito frio, queimado e com inúmeros ferimentos. Aí, viu o telefone na parede e reuniu suas últimas forças para tentar pedir ajuda. Apoiou-se na parede, tentou alcançá-lo, mas, ao invés do telefone, ele pôs a mão na caixa de fusíveis e zap! Dez mil volts passaram por ele, fazendo-o cair duro...

- Ave Maria! Que fim terrível!

- Não, padre, isso não o matou. Ele se levantou e...

- Espere aí, meu filho! Afinal, como foi que ele morreu?

- Padre... Eu dei um tiro nele... Por isso estou aqui...

- Mas, meu filho, você ficou maluco? Por que você atirou no pobre coitado do Mário?

- Ah, padre, o cara estava destruindo a minha casa!

Continue lendo >>

A melhor história que já li na vida

Nos meus 47 anos de idade, já li muitas coisas que me deixaram triste, emocionado, feliz, alegre, desconfiado, enfim, já passei por todos os tipos de emoções ao ler sobre vários assuntos, até os que, à primeira vista, não me agradavam.

Mas, agora, navegando pelo excelente diHITT, li uma história que me arrepiou, tamanha a sua qualidade. Ela é classificada como humor, mas eu a encaro de outra forma. É uma mensagem otimista, para nós não perdermos a fé de que as coisas vão dar certo!

O link original da postagem é ESTE AQUI.

Continue lendo >>

Depois que você entra na faculdade…

Nos tempos de colegial, os professores nos massacravam (no bom sentido), porque queriam ver a gente estudando pacas e passando no vestibular.

No 3º e último ano do colegial, a pressão ficou maior ainda, pois eles falavam mais do vestibular que enfrentaríamos do que sobre a matéria que teriam que estar dando naquele dia.

A diretora da escola (prefiro omitir seu nome) um dia entrou na nossa classe, apontou para meia dúzia de alunos e disse mais ou menos isso:

- Vocês ficam aí de brincadeirinha boba, não vão passar no vestibular! Aqui, pelo que eu vejo, só vão entrar na faculdade o fulano, o beltrano e o sicrano… – e apontou para os CDFs que ficavam sentados na “turma do gargarejo”.

Achei uma atitude deselegante e preconceituosa da diretora, uma ex-freira, possivelmente frustrada, e que gostava de ficar no pé da gente.

Talvez, essa senhora nem viva mais esteja, mas guardo um carinho por ela apesar de tudo o que contei.

E de tanto os professores falarem na faculdade que teríamos que cursar (sim, eles achavam que todos nós tínhamos como obrigação ingressar em uma faculdade), comecei a devanear a respeito do que seria estar em uma faculdade.

Imaginei liberdade total, poder fumar na classe, sair e entrar a hora que bem entendesse, faltar às aulas chatas, e assim por diante.

Passeando pela internet, vi um blog que resume tudo aquilo que meus colegas e eu talvez pensássemos na época a respeito do que seria estar em uma faculdade.

O link do blog é este e o post é excelente!

Continue lendo >>

sexta-feira, 26 de junho de 2009

As celebridades

O pai da Malu Mader é o Malu Fader.
Você não tem, mas o Frankstein.
Fulano assume, mas o Arnold Schuaznega.
Eu não vou furar. O Juca Kfouri.
Aquilo todo mundo viu. Até o Clodovil.
Todo mundo só morre uma vez. Mas a Alanis Morrissette.
Eu pulo do barranco. O Luciano do Valle.
Você já morou nos EUA? A Marylin Monroe.
Ao ver uma modelo você fala que ela e bonita. O Miguel Falabella.
Você faria papel de trouxa? A Betty Faria.
O preto é Black, Fernando Collor.
Eu acordo mais tarde. E o Edir Macedo.
Ninguém queria pagar a conta. A Cassia Kiss.
Eu pinto paredes. E o Jânio Quadros.
O marido da Hilda Furacão é o Tony Tornado.
Eu estou perto de casa. O Silvester Stalonge.
O Pateta usa o teclado. E o Mickey Mouse.
Eu escovo os dentes 3 vezes ao dia. O Joaozinho Trinta.
Você já esteve na Europa? A Adriana Esteves.
Eu fumo. E o Celso Pitta.
Eu gosto de chá gelado. O Clark Kent.
Eu fujo. O Chiquinho Scarpa.
Eu bico o sal. Daniela Bicalho.
Eu não mato baratas, mando o Maurício Mattar
Você riu dessas piadas? Não??? O Damon Hill...

Continue lendo >>

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Fim de Noite – A história de Fritz e Franz

Fritz e Franz, dois alemães, chegaram ao Brasil com uma mão na frente e outra atrás.

Fritz disse para o Franz:

- A partir de agorra cada uma vai para uma lado tentar o vida!

E cada um foi para um lado tentar a vida.

Depois de 10 anos, Fritz e Franz se encontraram. Fritz estava empregado, trabalhando numa boa empresa, ganhando bem e tinha até um carro novo. Fritz, coitado, vendo o progresso do amigo, disse:

- Você estar bem, Fritz! O que tem feito do vida?

- Eu estar trabalhando num emprresa multinacional e estar ganhando em euros! E você, Franz?

- Ah, eu só beber, beber, beber

Mais de 10 anos, Fritz e Franz voltaram a se encontrar. Fritz estava bem vestido, numa limusine, com chofer e tudo e Fritz do mesmo jeito:

- O que tem feito do vida, Fritz?

- Eu só beber, beber, beber

Mais 10 anos e um novo encontro entre os amigos. Desta vez, Fritz estava bem vestido, barba feita, cabelo cortado, aparentando estar milionário, até com seguranças em volta. Franz ficou feliz e perguntou:

- Você ganhar no loterria, Fritz?

E o Fritz:

- Non… Eu fender os garrafas vazios!!!

Continue lendo >>

Eu te amo em vários idiomas

Tá certo que eu deveria ter pensando neste post para o Dia dos Namorados, mas… nem sempre a gente faz o que deve ser feito, então resolvi publicá-lo hoje.

A maioria, com certeza, já viu um site igual ao que eu vou indicar, mas o post vale mais como um registro e, também, uma forma de divulgar o site, que é bem feitinho, agradável e deve ter dado um trabalhão para fazer.

Antes de dar o link do referido site, quero dizer algumas palavras: dizer “Eu te amo” é algo que se tornou vulgarizado, simplificado demais. O cara está com a garota há poucos dias e um dos dois joga um “Eu te amo” avassalador para cima do outro.

Dizer que ama alguém é assumir um sentimento sublime, que é o amor, em toda a sua magnitude. E ninguém ama alguém assim, num estalar de dedos. A não ser quando os dois são almas gêmeas. Mas isso é assunto para um futuro post.

Bem, chega de conversa mole e vamos ao que interessa: o LINK DO SITE em que a frase “Eu te amo” aparece em dezenas de idiomas. Vale a visita!

Continue lendo >>

Como sair de um cassino com uma pequena fortuna?

cassino

Não, não vou falar dos cassinos paraguaios, porque é covardia.

Vou ater-me aos cassinos de Las Vegas, Primeiro Mundo, onde ainda existe um pouco mais de honestidade do que aqui pelos lados do Terceiro Mundo.

Não é difícil sair de um cassino com uma pequena fortuna. Ao contrário. É mais fácil do que se imagina.

Você não precisa ser jogador profissional e conhecer todas as regras de todos aqueles jogos, como Bacará e 21. Não. É melhor que você seja puro de alma, e não carregue más intenções em seu coração.

Então, tudo o que você precisa fazer para sair de um cassino COM UMA PEQUENA FORTUNA é…

 

… Entrar com uma GRANDE FORTUNA!

Gente, acorda! O único jeito de se ganhar dinheiro é trabalhando. Loterias só para os que nasceram com o dito cujo virado para a lua. Trambiques? Não, não vale a pena se sujar por ninharias. O lance é trabalhar duro e, se possível, no que gosta. Ah, e não se esquecer de dar atenção à família e a você mesmo. O lazer faz parte da vida de um profissional bem-sucedido.

Continue lendo >>

Dia 29 de junho mais uma frente fria chegará ao Brasil

Áreas de instabilidade intensas estão em formação no lado oeste da América do Sul.

Até o dia 29 de junho, essas áreas de instabilidade se converterão em uma frente fria que adentrará o estado gaúcho trazendo chuvas bem fortes, principalmente nas regiões oeste e central.

A tendência é de esse sistema frontal perder força durante sua trajetória rumo à Região Sudeste, mas, ainda assim, nos primeiros dias de julho serão observadas chuvas e queda de temperatura.

Dependendo do deslocamento das massas de ar vindas da Patagônia (agora, por exemplo, está nevando muito forte em Ushuaia, extremo da Argentina), as temperaturas podem cair muito já no início de julho, o que não é anormal.

Como muita coisa mudou de 30 anos para cá, espera-se que o grosso do inverno se situe entre a 2ª quinzena de julho e a 1ª quinzena de agosto, mas, diante de tantas mudanças climáticas, tudo é possível, até um veranico nas regiões Sul e Sudeste.

O Centro-Oeste do país, tão logo se livra do sistema frontal, fica alguns dias com temperaturas abaixo do normal, mas ali a recuperação é rápida e os termômetros voltam logo a marcar valores acima dos 32ºC.

Continue lendo >>

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Fim de Noite – Piadas cabeludas

A VELHINHA NO SEX SHOP

Uma velhinha de mais de 80 anos entrou bem devagar em uma loja de produtos eróticos. Evidentemente pouco estável em suas pernas e tremendo muito, ela percorreu os poucos metros que a separavam do balcão.
Quando finalmente chegou, perguntou ao vendedor sem parar de tremer:
- Vooooooocêêêêê teeeeeeeem viiiibrrrrrrrraaaaaadorrrrrreeees?
O vendedor, tentando não estourar de rir, respondeu:
- Sim, senhora. Nós temos vibradores. De vários modelos!
A velhinha perguntou, então:
- Vooooooocêêêêê teeeeeeeem daaaaqueeeeleeeeees coooooorrrrrr deeeeeeroooooosaaaaaa, cooooom viiiinteeeee eeeeeeciiiiinnnnnnncooooocceeeentííííííííííímeeeeetrrrrroooooooosssssssdeeeeeeecoooommmmmprrrrriiiiimeeeentoooooo e seeeisssssssceeeentííííííííííímeeeeetrrrrroooooooosssss deeeeggggrrroooooosssssssssuuuuuuraaaaaaa?
O vendedor respondeu:
- Sim, senhora!
- Ennntãããooooo vooooooocêêêêêê poooooodeeeeee meeeeeeeeennnnsinaaaarrrrr cooooomoooo deeeessssssligaaaaaaa esssssaaaaaaameeeeeeerrrrrrrrrrrdddddddddddaaaaaaaaaaa?

PRESTANDO ATENÇÃO

Numa faculdade de medicina, o professor fala:
- Médico tem que aprender duas coisas: a ter muita atenção e não ter nojo de nada. Por isso, vamos fazer um teste.

Trouxeram um cadáver e o professor enfiou o dedo no ânus do morto, lambeu e mandou todos fazerem o mesmo.

Depois que todos fizeram , o professor disse:
- Ótimo! Nojo vocês não têm. Só falta a atenção. Eu enfiei um dedo e lambi o outro!

NA ESCOLA

Durante a aula, a professora pede aos alunos para formarem frases com “Desconfio que”.

A Mariazinha foi a primeira a levantar-se.
- Guardei um chocolate na geladeira. Quando fui buscar, havia sumido. Desconfio que meu irmão comeu!
- Muito bem. Pode sentar-se. É sua vez, Aninha.
- Cheguei em casa e o carro da minha mãe não estava. Desconfio que ela saiu.
- Muito bem. Agora é você Joãozinho!
- Estou sentindo um cheiro de merda. O banheiro está longe. Desconfio que alguém peidou.

O CAÇADOR DE URSOS

Um caçador foi pro Alaska caçar ursos. Depois de vários dias, ele conseguiu avistar e abater um urso grande. Assim que ele acertou o tiro, sentiu um tapinha nas costas. Virou-se e viu um urso que balançava a cabeça em sinal de desaprovação.
- Você não deveria ter feito isso. Você matou meu semelhante e vai ter que pagar. Pode escolher: ou morre ou dá pra mim? – vociferou o urso.
O caçador achou que não valia a pena morrer. Abaixou as calças e ficou de quatro pro urso.
Durante um ano ele jurou vingança ao urso. Na estação de caça seguinte, voltou ao Alaska e procurou o bicho. Depois de vários dias, finalmente o encontrou e o matou. Logo depois, sentiu um tapinha nas costas. Virou-se e viu o urso que disse novamente:
- Você não deveria ter feito isso. Vai ter que pagar. Ou morre ou dá pra mim?
O caçador não acreditava, mas decidiu continuar vivendo e abaixou as calças.
Depois de mais um ano jurando vingança, o caçador voltou ao Alaska procurando o urso do ano anterior. Assim que o encontrou, atirou e o matou. Então sentiu um tapinha nas costas. Quando se virou, viu o urso que piscou um olho e perguntou:
- Fala a verdade: você não vem aqui pra caçar, né?

Continue lendo >>

FICÇÃO OU REALIDADE? – CAP. 1

QUE DEUS, QUE NADA!

Jorge estava vendo o telejornal e sua esposa, Marta, descascando umas batatas, na outra ponta do sofá, enquanto espiava a TV.

O telefone tocou. Jorge, que estava bem ao lado do aparelho, atendeu. Era Maurício, seu amigão do peito:

- E aí, Jorge? Tudo bem?

- Tudo, né… Tô aqui vendo o noticiário… Pô, só tem tragédia… Essa coisa do acidente da TAM foi terrível, rapaz!

- É, Jorge, são os desígnios de Deus!

- Ihhhh… lá vem você falando em Deus! – retrucou Jorge, começando a se irritar.

- Jorge, você é ateu e eu respeito, e peço que respeite o fato de eu acreditar em Deus!

- Maurício, meu querido, diz uma coisa: você acha que se Deus existisse, ele deixaria acontecer uma tragédia dessas?

- Foi a vontade Dele, Jorge…

- Que mané vontade dele… Se Deus existisse não haveria miséria, fome, crimes, corrupção… acidentes…

- Não é bem assim… Se pelo menos você deixasse eu explicar…

Jorge interrompeu o amigo bruscamente:

- Olha, é o seguinte… a patroa tá aqui terminando o jantar… Tá a fim de dar uma chegada no snooker e jogar um pouquinho daqui a meia hora?

- Só se for amanhã… Estou morto de cansado!

- Fechado! Amanhã a gente vai jogar, afinal faz meses que não valemos uma caixa de cervejas, né?

- É verdade…

- Então, amanhã, às 8 da noite, eu passo aí para a gente ir pro snooker…

- Você vai poder, Jorge? 8 horas da noite, no meio da semana… E o trabalho?

- Ah, invento qualquer coisa até lá e falto na parte da manhã… Já tô de saco cheio de olhar pra cara do seu Orlando!

- Tá bom, então, Jorge… Às 8 horas, te espero aqui pra gente ir lá no snooker, se Deus quiser!

- Que mané “se Deus quiser”… Deus não tem que se meter nos nossos assuntos!

- Não fala assim, Jorge!

- Falo, sim! Quer ver uma coisa? Eu te garanto que amanhã, às 8 da noite, Deus querendo ou não, estarei tocando a campainha da sua casa pra gente ir lá bater um snooker…

- Jorge… Jorge… Não fala desse jeito… Você não sabe se vai estar vivo daqui a 30 segundos!

- Ah, isso eu garanto! E Deus não tem nada a ver com isso! Te garanto que daqui a 30 segundos ainda vou estar falando com você no telefone, pois eu sou turrão, tenho uma saúde de ferro e…

Jorge desfaleceu, deixou o telefone cair e a esposa veio correndo socorrê-lo. Só que era tarde demais. Jorge estava morto.

Continue lendo >>

Hoje é Dia de Cruzada

Cruzadinha 5-24jun09

Na página seguinte, a SOLUÇÃO da cruzadinha da semana passada.

Espero que vocês estejam gostando desta série de cruzadas. EM BREVE, passarei a publicar passatempos diversos também.

Obrigado pela preferência!

Cruzadinha4-SOLUÇÃO-24jun09

Continue lendo >>

terça-feira, 23 de junho de 2009

Fim de Noite - Piadas

PRAIA DE NUDISMO

Uma família resolve passar um sábado de sol numa praia de nudismo: o pai, a mãe e o filho pequeno. Chegando lá, todo o mundo peladão, aquela coisa... O filho do casal, muito curioso, pergunta:
- Pai, por que alguns homens têm o piupiu pequeno e outros têm o piupiu grande?
O pai bem que poderia falar sobre diferenças étnicas e genéticas, mas como o garoto era muito pequeno, meio sem saber o que dizer, respondeu a primeira coisa que veio à cabeça:
- Ah, meu filho! Os que têm o piupiu pequeno são pobres, não têm dinheiro, e os que têm piupiu grande são ricos, têm muito dinheiro!
- Ah... Entendi pai... - responde o moleque.
Passados alguns minutos, o pai resolve dar uma volta na praia e deixa o menino com a mãe. Uma hora depois, ele volta e não encontra a esposa. Olha pra um lado, olha pro outro, e nem sinal. Então, ele pergunta para o filho:
- Meu filho, onde está a sua mãe?
- Bom, pai... Ela tava conversando com um homem pobre de dar pena. De repente, o cara ficou rico e eles sumiram!

NEGO OSWALDO

O primeiro-ministro alemão veio visitar a fábrica da Mercedes Benz aqui no Brasil e, depois de conversar com o presidente da empresa, perguntou pelo Nego Oswaldo. O presidente da empresa, desorientado, disse que não sabia quem era o tal, mas mandou que seu auxiliar fosse verificar se havia algum funcionário com esse nome. Pouco tempo depois, volta o funcionário com o tal Nego Oswaldo, um dos mecânicos. Oswaldo e o primeiro-ministro alemão se cumprimentam com abraços calorosos. O presidente da Mercedes, não entendendo nada, ficou totalmente confuso. Alguns dias depois, Michael Jackson, de passagem pelo Brasil, também vai visitar a fábrica e, da mesma forma, pergunta se pode ver seu amigo, o Nego Oswaldo. O presidente fica pasmado, mas manda chamar o funcionário. Os dois se abraçam e blá, blá, blá... Aquele papo. Logo que Michael Jackson saiu da empresa, o presidente da Mercedes agarrou o Nego Oswaldo pelo braço e perguntou:
- Olha aqui, você está gozando com a minha cara? Quem mais você conhece? Só falta me dizer que conhece o Papa também...
- Quem? O Bento XXIII? Desde que ele era padre...
- Ah é?!?.. Quero só ver!... Vou te pegar agora!
O presidente da Mercedes pega seu jatinho e, junto com o Nego Oswaldo, voa direto até o Vaticano. Chegando lá, o Nego Oswaldo pede que ele espere na praça, porque a segurança não permite que qualquer um entre no Vaticano...
O Nego Oswaldo aponta para uma janela e diz ao presidente da Mercedes que fique olhando para ela, que, em poucos minutos, ele apareceria nela ao lado do Papa.
Pouco tempo depois, aparece o Nego Oswaldo ao lado do seu amigo, o Papa, na tal janela... Oswaldo olha para o seu chefe e acena para ele! E continua batendo aquele papo com o Papa, até que nota que seu chefe está caído no chão da praça.
Mais que depressa, Oswaldo se despede do Papa e vai até onde estava seu chefe desmaiado e pergunta para as pessoas em volta o que tinha acontecido com seu patrão.
Um cidadão respondeu:
- É que passou um japonês aqui e perguntou para ele quem era aquele velhinho de cabeça branca do lado do Nego Oswaldo.

O CEGUINHO

O ceguinho chegou no restaurante e pediu um cardápio em braile. O garçom, desculpando-se, disse que não tinha.
O ceguinho falou:
- Não faz mal, me traz uma colher usada da cozinha para eu provar a comida.
O garçom achou estranho, mas atendeu ao pedido. Pegou uma colher usada na cozinha, e deu ao ceguinho. Este lambeu a colher e comentou:
- Hummm, ótimo tempero... Camarão com arroz à grega. Pode me trazer esse prato mesmo.
No dia seguinte, a mesma coisa:
- Hummm, strogonof de frango, batata frita... Pode trazer esse prato mesmo.
Passou-se uma semana e sempre a mesma coisa: o ceguinho pedia a colher e dizia o prato. O garçom, querendo sacanear o ceguinho, resolveu aprontar.
No outro dia, quando o ceguinho chegou e pediu a colher ao garçom, ele foi à cozinha, pegou uma colher e chegou pra cozinheira:
- Maria, eu tô a fim de aprontar com um cliente. Pega essa colher e passa aí na sua perseguida...
A cozinheira atendeu ao pedido e o garçom levou a colher pro ceguinho.
Este colocou a colher na boca, pensou um pouco e falou:
- Ah, não vai me dizer que a Maria tá trabalhando aqui!?

Continue lendo >>

VEM AÍ: “REALIDADE OU FICÇÃO?”

Ainda esta semana, talvez hoje, eu promova a estréia de uma nova série aqui no blog.

Se chamará “Realidade ou ficção?”, onde relatarei um caso que pode ser verídico ou não. Você é que irá julgar.

Muitas das histórias poderão ter um tom de mentira deslavada, mesmo não sendo. O contrário também vale.

AGUARDEM!

Continue lendo >>

Selo Nota 10

Hoje, recebi um selo de presente da minha amiga Elaine, que tem dois blogs sensacionais: o NOTÍCIAS BIZARRAS e o WEB FAMA FOFOCAS. Como sou um neófito nestas coisas da blogosfera, vou fazer exatamente o que ela fez ao indicar os 5 blogs de que ela mais gosta.

Vocês me perdoem se eu fiz algo errado, e corrijam-me, se for o caso, por favor.

Selo Nota 10

Este aqui foi um selo recebido pela amiga do blog NOTÍCIAS BIZARRAS.

Agora que tenho o selo vou repassá-lo conforme as regras a baixo:

1. O selo deve ser exibido, assim como a pessoa que lhe enviou;
2. Você deve indicar cinco, nem mais, nem menos, apenas 5 blogs para recebê-lo;
3. Avise os blogs premiados;
4. Definir você, seu blog e qualquer outra pessoa ou coisa em apenas uma palavra;
5. E por fim, você deve escrever. MEU BLOG É NOTA 10, afinal, é isso que o selo diz, e se recebeu é porque é mesmo…

Respondendo..

SENSACIONAL!!!


Esse prêmio é para vocês leitores que fazem o meu modesto blog se tornar conhecido aos poucos neste mundão que é a blogosfera e estão tornando o meu BLOG NOTA 10!


Os 5 blogs que eu acho nota 10 são:

NOTÍCIAS BIZARRAS
WEB FAMA FOFOCAS
REBIS RUBLES
ARQUIVINHO
INCÓGNITO

Continue lendo >>

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Fim de Noite – Piadas para você rir muito

SUBSTITUTA

No primeiro dia de aula, a professora pergunta aos alunos:
- Joãozinho, qual é a profissão da sua mãe?
- Empregada de escritório, professora.
- E sua mãe, Chiquinho, o que ela faz?
- A minha mãe? A minha mãe é substituta.
- Desculpa, não entendi, Chiquinho!
- Substituta! - repete Chiquinho.
- Essa profissão não existe, Chiquinho. Por favor, explica o que sua mãe faz!
- Bem, ela fica numa esquina, aí vêm uns senhores que lhe dão dinheiro, ela entra com eles para um quarto de hotel e, passados uns quinze minutos, os senhores saem apertando o cinto da calça....
- Mas Chiquinho, diz a professora espantada, a sua mãe não é "Substituta", é "Prostituta"!
- Não, não! Prostituta é a minha tia que está doente. A minha mãe só está cuidando do ponto dela...

O SUPER HOMEM

Tinha um fulano totalmente fiel a sua esposa, jamais havia traído.
Até que um belo dia sua secretária o seduziu. Levou-o para um barzinho e depois de ter tomado todas, foram para um motel. Após o sexo, o fulano dormiu profundamente. Depois de um longo sono foi acordado por um pouco de sol que batia no seu rosto. Acordou atordoado, com uma ressaca desgraçada e olhou para o relógio: já eram 6 horas da manhã, a mulher dele devia estar uma arara. Levantou e se vestiu com uma pressa impressionante. Em menos de 3 minutos já estava entrando no carro.
Ao chegar em casa, todo sem graça, com jeito de culpado, encontrou os dois filhos que já estavam prontos para ir à escola. A mulher estava na cozinha fazendo a vitamina de sempre. Tudo parecia normal.
O fulano passou entre os filhos e disse:
- Bom-dia, filhos.
- Bom-dia, Super-Homem - disseram.
O fulano não entendeu, mas fez de conta que era normal.
- Bom-dia mulher.
- Bom-dia, Super-Homem - disse a esposa.
Ele começou a ficar desconfiado.
- Super-Homem, você vai levar a gente para a escola? – perguntou um dos meninos.
- Você vai querer vitamina agora, Super-Homem? - perguntou a esposa.
O fulano, já irritado, pediu explicação:
- Tá bom! Eu sei que errei... Tô chegando uma hora dessa, fiz farra a noite toda, mas que estória é essa de Super-Homem?
A esposa responde, muito fula da vida:
- Só existem dois babacas que botam a cueca sobre a calça... Você e o Super-Homem!!!

ANÚNCIOS

A mulher tinha 3 filhas. No dia do casamento de cada uma delas, ela pediu que a filha mandasse uma carta contando como era a sua vida sexual.

A primeira a casar enviou a carta dois dias após do casamento. A carta chegou e só tinha uma palavra: "Nescafé".

A mãe ficou confusa a principio, mas finalmente notou um anúncio do Nescafé num jornal que dizia: "Satisfação até a última gota."

A mãe, então, ficou feliz.

A segunda filha casou e uma semana depois enviou uma carta que dizia:

"Benson & Hedges".

A mãe olhou um anúncio do cigarro Benson & Hedges que dizia: "EXTRA LONGO, KING SIZE".

A mãe ficou feliz.

Quando a terceira filha casou, a mãe ficou ansiosa para receber a carta da sua caçulinha. Demorou 4 semanas para a carta chegar. Quando finalmente chegou, estava escrito: "British Airways".

A mãe ficou preocupada. Ela freneticamente procurou um anúncio da British Airways em todos os jornais que tinha em casa. Depois, achou um e desmaiou logo após lê-lo. O anúncio dizia:

"TRÊS VEZES POR DIA, SETE DIAS POR SEMANA, NOS DOIS TRECHOS"

BOQUETE SABOROSO

Um sujeito ia passando pela cidade, quando um rapaz lhe ofereceu uma rã enorme:
- Doutor, o senhor não quer comprar esta rã?

O homem, que apreciava a carne exótica do animal, perguntou:

- Depende... quanto custa?
- Dois mil reais...
- Dois mil por uma rã!? Você está doido???
- Ah, mas acontece que esta rã faz um boquete maravilhoso! - explica o vendedor.
O homem propõe:
- Só compro se você deixar eu experimentar...
- Feito!
O cara escondeu-se atrás de um muro, colocou a rã à prova e... adorou!
A danada era mesmo profissional! Ele compra o bicho sem pestanejar e leva pra casa.
Alta madrugada, a esposa dele acorda e vê que o marido não está na cama.
Ela desce até a sala e o que encontra?
Nada do que você esta pensando...
Ela depara-se com o marido no sofá, com a rã em cima do ombro, lendo um livro de receitas culinárias. Brava, completamente histérica, a megera começa a vociferar:
- Você é mesmo louco ou completamente idiota... O que é que você está fazendo, de madrugada, com este bicho nojento no seu ombro, e ainda por cima lendo um livro de culinária?

Ao que ele responde:
- Ah, minha filha... se esta rã aprender a cozinhar, você tá perdida!

Continue lendo >>

30 frases da Sabedoria Chinesa

Dou continuidade à publicação de frases da cultura oriental, desta vez, voltando às frases da sabedoria chinesa que, como a árabe, dizem muito com poucas palavras.

Espero que todos gostem, pois são frases que fazem bem à mente e ao espírito…

 

Aquele que vive exigindo a educação do próximo é incapaz de demonstrar a sua.

Aqueles que possuem posição de mando não devem abusar, antes devem aumentar a própria luz a fim de melhor ajudar aqueles que se encontram nas sombras.

Arrancar o arroz da terra, para ajudá-lo a crescer.

As águas caudalosas do rio cantam em louvor à própria força. As nuvens que as formaram vão em silêncio no céu.

As águas dos rios chegam a seu destino esbarrando em margens opostas.

As bênçãos chegam uma de cada vez, a desgraça vem em grupo.

As dificuldades fazem prosperar a nação.

As más companhias são como um mercado de peixes: acaba-se acostumando com o mau cheiro.

Às vezes, as palavras mais significativas são aquelas que não são ditas.

Assim como um camaleão muda de cor assumindo os tons do local onde está, os fracos se deixam moldar, modificando-se conforme a influência dos que os cercam.

Cada minuto de nossa vida deve ser vivido e aproveitado ao máximo de forma única e consciente, pois o tempo não pára, as coisas mudam e o momento atual nunca será igual ao anterior.

Cada pessoa equivale a um grão de areia, mas uma multidão é como uma pedra de ouro.

Cavalo velho conhece o caminho.

Cem homens podem formar um acampamento, mas é preciso uma mulher para se fazer um lar.

Coelho astuto tem três tocas.

Como apanhar filhotes de tigre, sem entrar no seu covil?

Comprar a caixa e devolver a pérola.

Conhecer a verdade não é o mesmo que amá-la e amar a verdade não equivale a deleitar-se com ela.

Conhecimento dá poder mas só o caráter granjeia respeito.

Conhecimento vem de seu instrutor, sabedoria vem de seu interior.

Cortesia é sinal de pessoa civilizada.

Cuidado com aquele que tem a língua doce e uma espada na cintura. Um inimigo declarado é perigoso, mas um falso amigo é pior.

De nada vale uma cabeça cheia de intenções e as mãos vazias.

Defeitos e virtudes são apenas dois lados da mesma moeda.

Despreze o conhecimentos e faça todos pagarem por sua ignorância.

Dinheiro perdido, nada perdido; Saúde perdida, muito perdido; Caráter perdido, tudo perdido.

É mais fácil mudar o curso de um rio do que o caráter de um homem.

É nas más horas que se pode avaliar a evolução espiritual das pessoas.

É preciso a noite para que compreendamos que existe a luz.

É rolando no fundo dos rios que se lapidam os cascalhos.

Continue lendo >>

MENSAGENS PARA MEDITAÇÃO – Mensagem do 3º Dia

VIVO EM PAZ COMIGO E COM TODOS AO MEU REDOR

Sou filho de Deus, em carne e essência.

Como Seu filho, vivo em paz comigo e com todos os que estão ao meu redor.

Meus pensamentos são sempre de paz, amor, harmonia, equilíbrio e bem-estar.

Da mesma forma que me sinto bem, quero que todas as pessoas – as que conheço e as que não conheço – também se sintam bem.

A minha mente está em constante paz.

Encontro paz na minha família e entre os meus amigos mais queridos.

Para onde vou levo a paz que trago dentro de mim e, dessa maneira, irradio a todos a paz que sinto. E todos dela se beneficiam, agora e sempre.

Esta é uma verdade que levo para a minha mente, e ali deve ficar. Sempre.

Continue lendo >>

domingo, 21 de junho de 2009

OMBRO AMIGO – Reprovado na escola

Você foi reprovado na escola e agora bateu um desespero? Vamos analisar a questão e tentar descobrir a causa do seu fracasso.

A que você atribui o seu insucesso nos estudos este ano? Não terá você conversado demais na aula, deixado os livros de lado?

O estudo é uma das maiores dádivas que um ser humano pode ter, além de água, comida, moradia e, é claro, saúde.

Poder estudar, nos dias de hoje, é um privilégio para poucos. Sim, pois muita gente quer, mas não pode estudar, pois precisa trabalhar durante o dia e, à noite, está exausto, sem vontade para mais nada.

Se você pode ser enquadrado nesse exemplo, tudo bem, é perdoável. Mas, se você apenas estuda e não trabalha, será que não está na hora de começar a levar a vida mais a sério?

Não entendeu ainda?

Faça uma pesquisa informal pelas ruas e veja quantas pessoas, com diploma, estão trabalhando em empregos “alternativos”, por assim dizer. São advogados, médicos, dentistas, jornalistas que, de repente, podem estar servindo o seu cachorro-quente no carrinho da esquina ou, quem sabe, enchendo o tanque do carro do seu pai.

Se eles, que estudaram, são formados e têm diploma passam por isso, imagine quem não tem estudo!

Reflita bem nisso e adote uma postura mais séria na vida.

Continue lendo >>

sábado, 20 de junho de 2009

Nunca revele seus planos para ninguém!

Tudo o que pensamos e falamos vibra. Essa vibração vai para o universo que a despeja de volta para nós mesmos e para todos aqueles que estão ao nosso redor.

Por isso, a vida inteira, sempre ouvi o seguinte conselho: “Não revele seus planos para ninguém até que tudo esteja certo”.

Eu nunca obedeci a esses conselhos. Achava que algumas coisas estavam fadadas a dar certo e ponto final.

Com o passar dos anos, vi que estava errado, mas, ainda assim, não aprendi a lição e continuo perdendo boas oportunidades por abrir a boca e contar para todo o mundo o que está se passando de bom na minha vida.

Um amigo meu ia trocar de carro. O negócio estava 99,99% fechado. Só faltava ele se encontrar, no cartório, com o proprietário do carro que ele ia comprar para ambos assinarem a papelada necessária. Esse amigo meu contou para os familiares, apenas para os familiares, que estaria trocando de carro naquela semana.

No último instante, o dono do carro ligou para o meu amigo e disse bem assim:

- Não sei o que me deu… Estou aqui no cartório, mas desisti de vender o carro!

Da vez seguinte, meu amigo trocou de carro e não contou para ninguém, nem para a esposa dele! Aí, o negócio deu certo e ele comprou o carro que tanto queria, dessa vez com outro vendedor.

Comigo não foi diferente: todas as boas coisas que me aconteceram ao longo destes últimos 21 anos, 90% começaram a dar errado a partir do momento em que fui comentando com um e com outro o que estava por vir.

Sendo assim, eu concluo que existe uma energia (muitos podem chamá-la de inveja, olho-gordo, coisa feita) que emana das pessoas, até mesmo em nível inconsciente e acaba atrapalhando nossos planos.

Então, agora é promessa: daqui para frente só vou revelar meus planos quando eu estiver com a coisa na mão, 100% garantida.

Continue lendo >>

Dois irmãos morrem no mesmo dia em lugares diferentes

irmaos_linkirado

(IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA)

 

Sábado, 27 de abril de 1991. 2h20 (da madrugada mesmo). A campainha da minha casa tocou insistentemente. Acordei, e disse para a minha esposa:
- Aconteceu alguma desgraça!
Ela reclamou do que eu havia dito:
- Não fala isso!
Já me vestindo, para ir atender a porta, disse a ela:
- Você acha que é o quê? Alguém vindo nos avisar que ganhamos na Sena?
Desci. Abri a porta. Era o guarda noturno da rua, o Gerimário, que foi logo dizendo:
- Mataram o Augusto! Foi agora, à 1h30 da manhã...
Augusto era fotógrafo no jornal de bairro em que eu trabalha como colunista e repórter, o "Gazeta do Aeroporto". Chocado, só fiz perguntar ao guarda:
- Como foi isso?
- Ele reagiu a um assalto e levou um tiro no meio da testa!
Era tudo o que o Gerimário sabia.
Aí, fiquei pensando na Daniela, irmã do Augusto, em como ela ia receber a notícia. Saí de casa, andei alguns passos e já havia alguns vizinhos rondando a casa dos dois irmãos. Naquela hora, era possível ouvir os urros que dona Naomi (mãe de Augusto e Daniela) estava dando dentro de casa. Perguntei pela Daniela e me disseram que ela havia ido a um show do Lulu Santos, na Lapa, mas que já deveria estar chegando. Então, decidi ficar ali, de plantão, para ajudar, se fosse preciso, quando Daniela recebesse a notícia.
As horas se passaram e nada de Daniela chegar. Imaginei, então, que ela já havia sido notificada da tragédia ocorrida com o irmão e que, provavelmente, estaria em outro lugar, com parentes, algo assim.
Decidi voltar para casa e dormir, já que eu naquele momento não tinha nada para fazer.
Às 11h, sou acordado pelo meu amigo Marcelo, que entrou no meu quarto, dizendo:
- A Dani morreu!!! A Dani morreu!!!
Levantei-me da cama e disse, calmamente, para Marcelo:
- Marcelão, não foi a Dani, foi o Augusto. Ele reagiu a um assalto e tomou um tiro no meio da testa!
Marcelo me interrompeu bruscamente dizendo:
- A Dani também!!!
Descemos e fomos para a rua. Quase toda a vizinhança estava aglutinada em frente à casa onde viviam os dois irmãos. Os urros de dona Naomi podiam ser ouvidos a qualquer distância.
Com o passar das horas, ficamos sabendo o que, de fato, havia acontecido aos dois irmãos.
Augusto havia ido com mais dois amigos num posto de gasolina, que tinha uma espécie de lanchonete, chamado "Algo Mais". Quando estavam de saída, um homem bem trajado aproximou-se do trio e perguntou:
- Quem é o dono desse carro aí? - apontando justamente para o carro de Augusto.
Este, ingenuamente, sem entender nada, respondeu:
- Sou eu!
O sujeito tirou uma arma, um revólver calibre 22, apontou para o trio e disse para Augusto:
- Você vem comigo... Os outros, vão embora e não olhem para trás.
O bandido fez Augusto entrar no carro e assumir o volante. Depois, entrou do outro lado e sentou-se no banco do carona, sempre apontando a arma para Augusto:
- Se não tiver alarme nem cortador de combustível, eu te solto logo mais adiante!
Quando o bandido virou-se para trás, a fim de se certificar que os outros rapazes haviam ido embora, Augusto vislumbrou a possibilidade de safar-se daquela situação e agarrou a arma do bandido. Os dois lutaram por alguns instantes até que o bandido disparou, acertando o centro da cabeça de Augusto. Saiu do carro e fugiu correndo e ninguém, ninguém mesmo, tentou ir atrás do sujeito...
Com Daniela ocorreu uma situação sui generis. Ela, o namorado e mais um casal haviam ido assistir ao show do Lulu Santos no Olímpia, no bairro da Lapa. Os casais estavam de moto. Na volta, o namorado de Daniela, que estava na frente do outro casal, disse:
- Como é mesmo o caminho?
O casal de trás passou a frente deles e o rapaz da outra moto disse algo como:
- É só seguir a gente...
Instantes depois, um Gol bateu com tudo na moto em que Daniela estava, na garupa. A moça, que àquela altura tinha 17 anos, caiu no chão, tendo parte do seu corpo esmagado. O que aconteceu depois, ninguém sabe ao certo, pois há muitas contradições nos depoimentos. O que se sabe é que esse acidente aconteceu por volta das 3h30 da madrugada e Daniela ficou caída, praticamente morta, no chão, até as 6h30, quando uma viatura do resgate dos bombeiros a levou para o Hospital Metropolitano, na Lapa. Às 8h30, após ter algumas paradas cardíacas, Daniela veio a falecer.
Ou seja: Augusto morreu à 1h30 da madrugada na zona de sul de São Paulo e Daniela, sua irmã, na mesma noite, sofreu um acidente e morreu horas depois, em outro lugar da cidade. Dois irmãos morreram na mesma noite, em locais totalmente distintos. Isso chocou o bairro inteiro. Jornais de vários estados e equipes de TV foram à casa dos pais de Augusto e Daniela em busca de informações sobre a tragédia ocorrrida.
O tempo passou e, numa certa noite, sonhei (será que foi sonho mesmo?) que eu estava em um local parecido a um labirinto, com muitas paredes pintadas de branco, quando, de repente, eu vi o Augusto a minha frente. Perguntei-lhe:
- Tudo bem com você, Augusto?
Ele respondeu, serenamente:
- Tudo...
- Você quer que eu dê algum recado para alguém lá na Terra? - perguntei.
Augusto disse textualmente:
- Diga aos pais que cuidem melhor dos seus filhos.
Meses depois, tive um sonho (sonho?) parecido com Daniela. Estava linda, mas não conversamos.
Os anos se passaram e, infelizmente, alguns "meninos" tomaram um caminho nada aconselhável, mas isso é outro assunto. Deixa pra lá!

Continue lendo >>

Aquecimento global: temperaturas passam dos 110ºF no Oriente Médio

As temperaturas no Oriente Médio, principalmente entre os meses de maio e agosto, costumam passar da casa dos 100ºF (algo próximo dos 39ºC).

Agora, por exemplo, são 8h38 no Brasil e a cidade de Dhahran, na Arábia Saudita, registra 109ºF, ou seja, 43ºC à sombra, coisa que acontece todos os anos.

Lá, se não me engano, quando está sem horário de verão, são 7 horas a mais que aqui (horário de Brasília).

Existem localidades no Paquistão, na Líbia e outros ali da região que chegam a ter temperaturas de mais de 51ºC, à sombra, com um índice de umidade relativa do ar beirando os 4%. Ou seja: você lava as mãos, enxuga e tem a sensação de que lavou as mãos com areia.

Quem nasceu nessas regiões está acostumado a esse calor, porque todo ano isso acontece religiosamente nessa faixa de tempo, como eu disse, entre maio e agosto, salvo algumas exceções.

É por isso que os beduínos, quando atravessam o deserto do Saara, que chega a registrar temperaturas de até 70ºC (ao sol) e -10ºC à noite, andam todos enrolados em panos grossos. Isso faz com que o corpo não se desidrate e eles possam, assim, fazer a travessia, digamos, mais tranqüilamente.

Quem quiser vasculhar, pode entrar direto na página de pesquisas do OGIMET. Eu já dei a dica aqui algumas semanas atrás.

É só escolher RANKING METEOROLÓGICO e depois, na página que se abrir, em CONTINENTE, PAÍS o TERRITÓRIO subir e escolher MUNDIAL. Ali, você verá as 100 maiores e menores temperaturas do globo. Você pode alterar esse número, que é padrão, para mais ou para menos.

Pesquise países como a Rússia, Suécia, Suíça, França… e veja como andam as máximas por lá.

É interessante, mesmo para quem não dá bola para meteorologia.

Continue lendo >>

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Fim de Noite – Piadas nada “santas”…

NO CONFESSIONÁRIO

Um jovem vai à igreja confessar-se:

- Padre, eu passei a mão nos seios da minha namorada.

- Foi por cima ou por baixo da blusa dela?

- Foi por cima, padre...

- Da próxima vez passa por baixo, pois a penitência é a mesma.

SERÁ QUE É ELE?

Um velho acaba de morrer. O padre encomenda a alma e faz rasgados elogios ao defunto:

- O finado era um ótimo marido, um excelente cristão, um pai exemplar!

A viúva vira-se para um dos filhos e diz-lhe ao ouvido:

- Vá até o caixão e vê se é mesmo o seu pai que está lá dentro...

BANANAS

Na hora do almoço, a madre superiora anuncia:

- Irmãs, hoje teremos bananas de sobremesa!

- Ehhhhhhhhh!!! - vibram as freiras.

- Em rodelas!...

E as freiras, decepcionadas:

- OOhhhhhhhhh!...

SE EU FOSSE…

Um paciente está na capital, para um exame periódico de saúde.

- Você bebe?

- Dois copos de vinho por dia...

- Fuma?

Dez cigarros por dia.

- E sexo?

- Duas ou três vezes... por mês.

- Só? Com a sua idade e a sua saúde, era para ser duas ou três vezes por semana!

- Sabe como é, doutor? Se eu fosse bispo na capital... até que dava... mas padre numa diocese pequena, no interior...

CRISE DE SOLUÇOS

A freira vai ao médico:

- Doutor, estou com um ataque de soluços horrível. Não consigo comer, nem dormir... nem nada.

- Tenha calma, irmã, que vou examiná-la.

Ele examina-a e diz:

- Irmã, a senhora está grávida!

A freira se levanta em pânico e sai correndo do consultório.

Uma hora depois, o médico recebe um telefonema da madre superiora do convento:

- Doutor, o que é disse para a irmã Carmem?

- Madre superiora, como ela tinha uma forte crise de soluço, passei-lhe um susto dizendo que estava grávida. Ela parou de soluçar?

- Sim, a irmã Carmem parou de soluçar, mas o padre Paulo fez as malas e sumiu!

A PENITÊNCIA

- Padre, ontem eu dormi com meu namorado.

- Mas isso é pecado, e pecado mortal minha filha. Reze durante duas horas à noite, antes de dormir, a Ave-Maria e o Pai-Nosso!

A jovem fica mais algum tempo ajoelhada, pensa um pouco, e depois pergunta:

- Se eu rezar durante 4 horas antes de dormir, posso dormir com ele amanhã?

AS IRMÃS DE CRISTO

A campainha toca na casa de um tipo muito pão-duro.

Quando ele atende, dá de cara com duas freiras pedindo donativos.

- Meu filho, nós somos irmãs de Cristo e...

- Nossa!!! Como vocês estão conservadas!

QUE SUSTO!

À meia-noite, o padre passa perto de um cemitério e leva o maior susto quando escuta:

- Hum, hum, hum...

O padre pára, reza um pai-nosso, faz o sinal da cruz, enche-se de coragem e pergunta:

- Do que é que essa pobre alma está precisando?

- De papel higiênico!...

Continue lendo >>

A "inflação" na informática

Mexi em um computador pela primeira vez em 1989, em um curso de Introdução ao IBM PC. Logo em seguida, fiz o curso de Basic e ficava abismado de ver a turma da sala ao lado fazendo Turbo Pascal.

“Caramba, esses caras devem ser gênios!”, foi o que pensei um dia.

Naquela época, o computador que eu usava no curso nem HD tinha. Havia dois drives para discos grandes (cuja capacidade era de 320 KB) e discos pequenos (os de 1,4 MB), raridade, pelo menos para nós naquele momento.

Quase ganhei um computador desses de presente do meu pai. Ele tinha um monitor, se não me engano, de 12 ou 13 polegadas e só apresentava texto verde em um fundo preto.

Em 1994, meu pai comprou o primeiro computador lá de casa. Em julho daquele ano, era uma máquina muito poderosa: Processador de 40 MHz, HD de 227 MB, 4 MB de RAM, dois drives para disquetes (o grandão e o pequeno), com impressora (não colorida) e alguns programas pré-instalados. Custou R$ 2.000,00 (na época, pouco mais de US$ 2,000.00).

Anos depois, fiz um upgrade nesse micro e passei a ter 8 MB de RAM. Meu Deus! Como as coisas abriam rapidamente. O Word levava menos de 60 segundos para abrir e o Corel… bem.. o Corel 3.0 até abria, mas para salvar uma bobagem que fiz, de poucos KB, ele levou mais de 25 minutos e… não estava salvo ainda; daí, eu desisti. Meti na cabeça que não poderia ter Corel.

Em 1998, comprei o meu primeiro computador, com o meu dinheiro. Era um Pentium 233 MHz, 32 MB de RAM e um HD gigantesco de 2,01 GB. Além disso, tinha CD-ROM, microfone e alto-falantes! Fiquei deslumbrado e passei uma noite toda brincando nele.

Em 2000, fez-se necessário comprar um outro computador. Dessa vez, uma máquina parruda: 550 MHz, 128 MB de RAM e um HD de 16 GB! Era muita coisa, eu pensava… O CD-ROM foi substituído por um gravador de CD da marca HP, que paguei R$ 820,00. Uma mídia de 600 MB levava 40 minutos para ser queimada. E eu achava rápido!

Em 2002, fui a uma loja e montei um computador ao meu gosto. Foram R$ 3.800,00 numa máquina com a seguinte configuração: 1,3 GHz de clock, 256 MB de RAM e um HD de 40 GB. Havia, também, gravador de CD-ROM, cuja gravação de uma mídia cheia levava agora menos de 15 minutos.

Em 2006, após muito upgrades nas outras máquinas, comprei um Duo-Core, de 2,1 GHz, dois HDs, um de 250 GB e outro de 320 GB, 4 GB de RAM e ainda tinha problemas com alguns programas pesadinhos… No final, fiquei com dois micros, interligados por chaveamento. Não tenho usado-os simultaneamente para economizar energia elétrica. Então, nesses dois micros que tenho, há dois gravadores de DVD cada e eu fico irritado quando tenho que esperar 10 minutos, às vezes, para gravar 4,7 GB de dados…

Parei aí. A grana foi encurtando, encurtando… algumas memórias queimaram e hoje sobrevivo muito bem com essa configuração e há mais de um ano e meio não faço (porque não posso) nenhum upgrade.

Aí, comecei a ver revistas estrangeiras mostrando computadores animais. Um dos que eu vi tinha HD já de 2 TB e 16 GB de RAM. Foi quando pensei: até onde vai isso?

A resposta está no link abaixo:

http://www.blogdovarela.com.br/2008/04/bits-byte-kilo-mega-giga-tera-e-depois.html

Continue lendo >>

EXTRA – Palavra Cruzada Direta

Como eu sei que muitos de vocês gostam de palavras cruzadas, vou publicar aqui a minha segunda cruzada direta. No exterior, ela é conhecida como swedish style, ou seja, estilo sueco.

Aprendi a fazer palavras cruzadas diretas em 1999, sendo que as tradicionais aprendi no início da década de 90, cruzando palavras ao acaso numa folha de papel quadriculado.

Logo em seguida, eu já estava publicando minhas palavras cruzadas, as tradicionais, com horizontais e verticais, ou apenas números, em várias editoras.

Hoje, tenho ótimos recursos para montar palavras cruzadas, em especial dicionários que permitem procurar palavras a partir das letras de que dispomos. É o que o Aurélio, por exemplo, chama de máscara.

Espero que vocês gostem de mais esta palavra cruzada direta que está na página seguinte.

Sugestões, elogios e críticas, por favor, é só comentar!

Grato!

 

Cruzada Direta 1

Continue lendo >>

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Uma história real – O Aviso

O RELÓGIO DE LUZ

Eu tinha uns 7 anos quando vi minha avó materna pela última vez. Ela se chamava Elizabeth e tinha ido nos visitar, na casa onde morávamos no bairro da Vila Mariana, em São Paulo, capital.

Quando minha avó se foi, a vi dobrando a esquina da vila onde morávamos e tive a sensação de que nunca mais a veria. E comentei isso com a minha mãe:

- Mãe, acho que não vou mais ver a vovó Elizabeth!

- André, pára de dizer bobagens! Por que isso agora?

Não respondi e fui para o meu quarto brincar...

Alguns meses depois, o relógio de luz, que ficava na parte de fora da casa, começou a fazer um ruído esquisito. Meu pai, que entendia um pouco de tudo, foi lá verificar o que poderia ser. Não conseguiu encontrar nada de errado. Então, lembrou-se que o vizinho, o sr. Ramón, era eletricista e decidiu chamá-lo:

- Ramón, você poderia dar uma olhada no meu relógio de luz? Ele está fazendo um ruído esquisito e desagradável... E já passam das 10 horas da noite. Vai acabar incomodando os outros vizinhos!

- Claro que sim, Christophe! Vou pegar meu material!

O sr. Ramón pegou suas ferramentas e foi dar uma olhada no relógio de luz. Fez uma minuciosa verificação, usando todos os aparelhos de que dispunha. Após uns 15 minutos, sem saber o que estava acontecendo, disse:

- Christophe, o melhor é chamarmos a Light!

Naquela época, década de 60, a Light costumava atender rapidamente aos chamados e, de fato, em menos de meia hora, uma camionete da Light estava encostando no portão lá de casa. Os funcionários desceram – um deles era o técnico responsável -, fuçaram o relógio demoradamente e um deles sentenciou:

- Senhor, esse ruído é muito estranho! Não há nada de anormal com o seu relógio de luz!

Meu pai ficou encafifado, mas como não havia mais nada o que fazer, agradeceu ao pessoal da Light, ao vizinho, o sr. Ramón, e fomos todos dormir.

No dia seguinte, o barulho persistia. Estava incomodando um bocado. Meu pai saiu para o trabalho e minha mãe me convocou para ajudá-la na arrumação do quarto deles. Pusemos várias coisas sobre a cama de casal, entre elas, o telefone. Alguns instantes depois, o telefone tocou e eu atendi. Uma voz feminina do outro lado da linha perguntou:

- Por favor, a Helena está?

- Sim, um momento – disse eu, entregando o telefone para a minha mãe.

Minha mãe pegou o telefone e logo entristeceu. A mulher do outro lado da linha notificou a minha mãe de que a minha avó Elizabeth havia sido encontrada morta, debruçada sobre o tanque, no quintal de sua casa.

Tão logo minha mãe pôs o fone no gancho, o ruído perturbador do relógio de luz cessou.

Continue lendo >>

Conto de amor

Parecia que aquele namoro estava fadado a um final triste, melancólico. Édson já não era mais o namorado apaixonado e envolvente que Débora conhecera 3 anos atrás.

Hoje, ele era um rapaz sisudo, chato, pedante e, por muitas vezes, arrogante. Principalmente com ela.

Não era novidade alguma ver Édson tentando humilhar Débora perto dos amigos. Principalmente os dela.

Todos ao redor de Débora a advertiam:

- Débora, pula fora desse namoro. Esse Édson é um casca-grossa, que só está esperando a hora certa pra te meter um pé nos fundilhos!

- Não! Eu amo ele! Quero ficar com ele! Morro por ele!!!

As respostas de Débora eram sempre as mesmas. Ela não admitia que Édson já estava cansado do namoro e fazia de tudo para cair fora. Havia quem apostasse em outra coisa:

- Débora, o Édson deve estar de olho em outra garota, por isso faz essas coisas pra se ver livre de você!

- Não! Eu sou a única na vida dele! Se ele é grosseiro de vez em quando, é o jeito dele... Eu conheci ele assim!

- Mentira! No início do namoro de vocês, ele te curtia às pampas!

- E continua curtindo!

- Mentira! Faz duas semanas que ele não aparece pra te ver e nem telefona...

- Ele tá com problemas na família...

- Mentira! Ele mal dá bola pra aquela família de doidos dele!

- Ele está tendo problemas com a família, sim...

- Mentira! Ele só tá te enrolando!

Meses se passaram e Édson estava cada vez mais frio e mais agressivo com Débora. Um dia, em frente à casa dela, o rapaz soltou esta:

- Gata, é melhor a gente dar um tempo...

- Por quê??? – perguntou Débora, incrédula.

- Porque não tá mais dando pé... Eu não tô mais a fim...

- Não acredito! Você, que sempre disse que me amava, agora tá querendo pular fora?

- Sabe o que é? Enjoei...

- Bem que meus amigos me avisaram...

- Ah, é? E o que os seus amigos disseram?

- Que você estava fazendo de tudo para acabar com o nosso namoro!

- Mentira! E para provar que eles não sabem o que estão dizendo... a gente continua!

Débora se atirou no pescoço de Édson e os dois se beijaram. Ou melhor, Débora beijou Édson, pois ele não estava mais nem aí com a moça...

Os anos se passaram, uns dois ou três, talvez. Édson e Débora ficaram noivos, de aliança e tudo:

- Tá vendo como o Édson me amava e eu era única para ele? – disse Débora, provocando seus melhores amigos.

- Esse cara não te ama! Tá se casando sei lá por que motivo...

- Ele me ama, do mesmo jeito que eu o amo... – disse Débora, feliz.

O mesmo não se podia dizer de Édson que, a sós com um amigo, confessou:

- Só continuei com ela pra calar a boca daqueles amiguinhos mauricinhos dela...

- Que fria que tu tá se metendo, Ed... – disse Rodolfo.

- Bota fria nisso! – replicou Ronaldo.

- Ah, mas hoje em dia casar e descasar é tão fácil quanto tirar uma roupa e vestir outra...

Édson e Débora se casaram. A igreja estava quase vazia. Pouca gente compareceu. Dos amigos dela, ninguém foi à cerimônia. Débora ficou triste e chorou. Já no altar, levou uma bronca de Édson:

- Ih, não começa com frescura... Agora, você é uma mulher casada!

A lua-de-mel foi um desastre. Os dois ficaram quinze dias no Caribe. Édson saiu todas as noites, deixando Débora sozinha, no quarto do hotel.

Na última noite, Édson disse para Débora:

- Você volta pro Brasil. Eu fico!

- Ahn??? Como é que é??? – quis saber Débora.

- Arrumei uma coroa gostosa, que tá a fim de me bancar... pro resto da vida... dela!

E Débora voltou para o Brasil, sozinha, vazia, triste e sem saber o que fazer. Os amigos até tentaram chegar perto, pois ficaram sabendo de tudo o que havia acontecido na lua-de-mel, mas ela pôs todos para correr:

- Isso foi praga de vocês, pois o Édson sempre me amou... e sempre vai me amar!

- Ah, é? E cadê ele agora?

- Construindo um futuro para nós dois...

- Dando golpe numa gringa rica?

- Não interessa... Ele faz isso porque me ama! Ele, sim, me ama de verdade!

Continue lendo >>

Feriados Mundiais

Você tem curiosidade de conhecer os dias feriados no mundo todo?

Eu já tive essa vontade e achei um site muito legal. Agora, voltei a entrar nele e vi que o mesmo foi aprimorado e seu layout redesenhado, tornando-o mais amigável.

Será que o Brasil é o país com mais feriados no mundo? Ou será o Japão? Há quem diga que os norte-americanos têm mais feriados que qualquer outro povo.

Para tirar as dúvidas, ENTRE NESTE SITE e confira em que países do mundo hoje é feriado.

Você pode também pesquisar outros itens que, dependendo do dia, não mostrarão nada.

O legal é saber onde é feriado no dia atual.

No menu acima, muitos itens ainda não estão disponíveis, mas você pode navegar por eles e descobrir coisas interessantes. Clique no item ELIJA UN DÍA, se você passou o site para o idioma espanhol e surpreenda-se. Entre outras coisas, alguns países comemoram o Natal nos dias 25 e 26 de dezembro!

Guarde o site entre seus favoritos e Volte em outras ocasiões para pesquisar mais coisas. É muito legal!

Continue lendo >>

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Inverno começa dia 21 com chuvas no Sul

Uma nova frente fria está em forte atividade no centro da Argentina, deslocando-se em direção ao norte.

Ontem, nevou em algumas cidades e as temperaturas estão baixas.

O inverno, que começa dia 21 de junho, à 1h45, brindará a Região Sul com tempo instável, chuvas e declínio da temperatura.

A partir daí, as massas de ar polar tendem a ser mais volumosas e intensas e as frentes frias mais freqüentes, numa média de duas a cada 10-11 dias.

A Região Sudeste entrará no inverno com tempo bom e nebulosidade variável, mas alguns dias depois o tempo muda e chove. O ar frio que acompanha essa nova frente fria deverá derrubar mais uma vez os termômetros.

O forte do inverno se concentra entre a segunda quinzena de julho e a primeira quinzena de agosto. Mas nada impede de no início de julho termos dias frios nas regiões centro-sul do país, com queda abrupta de temperatura, chuvas e, depois, geadas ao amanhecer nas regiões mais propensas ao fenômeno.

Tudo isso, é claro, depende do deslocamento das massas de ar. Daí, fica difícil se prever qualquer coisa com uma antecedência tão grande. Quem faz isso, provavelmente está usando o chutômetro para impressionar.

Continue lendo >>

Hoje é Dia de Cruzada

Esta cruzada não tem números no diagrama, só nas perguntas. Mas cada pergunta contém um número entre parênteses indicando a quantidade de letras da resposta. Vamos ver se você mata esta.

Cruzada 4 - 17jun09

HORIZONTAIS

1 Ofício de carpinteiro (11)

6 Lodoso (9)

7 Credo (2)

8 Elemento de número atômico 26 (5)

9 Lavra a terra (3)

10 1, por extenso (2)

12 Valia (5)

13 Beijo (6)

15 Cerco (5)

18 Andar (9)

VERTICAIS

1 Arrepio (pop.) (8)

2 Existe nos aeroportos (5)

3 Intumesceu (6)

4 Opção entre duas coisas (11)

5 Ansiar (7)

11 Façam furo (5)

14 Vontade de beber água (4)

16 Óvulo, fecundado ou não, de certos animais (3)

17 Pronome pessoal (2)

 

Na página seguinte, a solução da cruzadinha da semana passada…

 

SOLUÇÃO DA SEMANA PASSADA

 

Cruzada 3 - SOLUÇÃO - 17jun09

Continue lendo >>

terça-feira, 16 de junho de 2009

Vale a Pena Ler de Novo – Um Dia de Merda

Como o blog não era nada conhecido, pouca gente leu este texto que, na verdade, já rolou pela internet durante anos. Então, resolvi republicá-lo na seção Vale a Pena Ler de Novo.

Ei-lo:

Essa história aconteceu com um amigo de um amigo de um
amigo de um amigo de um amigo da sogra do cunhado do
irmão da esposa de um amigo do trabalho mas poderia
ter acontecido com qualquer um de nós.

Aeroporto de Buenos Aires, 15:30. Pequeno mal-estar causado por uma cólica intestinal, mas nada que uma urinada e uns flatos não aliviasse. Mas, atrasado para pegar o ônibus que o levaria para o outro aeroporto da cidade, de onde partiria o vôo para Córdoba, resolveu segurar as pontas, "afinal de contas, são só uns 15 minutos de viagem. Chegando lá, terei tempo de sobra para dar aquela mijadinha esperta." Tranqüilo. O avião só saía às 16:30. Entrando no ônibus, sem sanitários, sentiu a primeira contração e tomou consciência de que sua gravidez fecal chegara ao nono mês e que faria um parto de cócoras assim que entrasse no banheiro do outro aeroporto. Virou para o amigo que o acompanhava e sutilmente, falou: "Cara, mal posso esperar para chegar na merda do aeroporto porque preciso largar um barro. "Nesse momento, sentiu um urubu beliscando sua cueca, mas botou o esfíncter para trabalhar e este segurou a onda. O ônibus nem tinha começado a andar quando, para seu desespero, uma voz em castelhano disse pelo alto-falante: "Senhoras e senhores, nossa viagem entre os dois aeroportos levará em torno de 1 hora".

Aí, o urubu ficou maluco querendo sair a qualquer custo! Fez um esforço hercúleo para segurar o trem merda que estava para chegar na estação cu a qualquer momento. Suava em bicas. Seu amigo percebeu e, como bom amigo que era, aproveitou para tirar um sarro. O alívio provisório veio em forma de bolhas estomacais indicando que pelo menos por enquanto as coisas tinham se acomodado.

Tentava se distrair vendo a paisagem, mas só conseguia pensar em um banheiro, não com uma privada, mas com um vaso sanitário. Tão branco e tão limpo que alguém poderia botar seu almoço nele. E o papel higiênico então: branco e macio e com textura e perfume e - Ops! - sentiu um volume almofadado entre seu traseiro e o assento do ônibus e percebeu consternado que havia cagado. Um cocô sólido e comprido daqueles que dão orgulho de pai ao seu autor. Daqueles que dá vontade de ligar pros amigos e parentes e convidá-los pra apreciar, na privada, tão perfeita obra: dava pra expor na bienal. Mas, sem dúvida, não nesse caso. Olhou para o amigo, procurando um pouco de solidariedade, e confessou sério: "Cara, caguei." Quando o amigo parou de rir, uns cinco minutos mais tarde, aconselhou-o a ficar no centro da cidade, escala que o ônibus faria no meio da viagem, e que se limpasse em algum lugar. Mas ele resolveu que ia seguir viagem, pois agora estava tudo sob controle.

- "Foda-se, me limpo no aeroporto," - pensou - "Pior que isso não fico".

Mal o ônibus entrou em movimento, a cólica recomeçou, e mais forte. Ele arregalou os olhos, segurou-se na cadeira, mas não pôde evitar e, sem muita cerimônia ou anunciação, veio a segunda leva de merda. Desta vez como uma pasta morna. Foi merda pra tudo que é lado, borrando, esquentando e melando a bunda, cuecas, barra da camisa, pernas, panturrilhas, calças, meias e pés.
E mais uma cólica anunciando mais merda, agora líquida, das que queimam o fiofó do freguês ao sair rumo à liberdade. E depois um peido tipo bufa, que ele nem tentou segurar, afinal de contas o que era um peidinho pra quem já estava todo cagado? Já o peido seguinte foi do tipo que pesa e ele se cagou pela quarta vez. Lembrou-se de um amigo que certa vez estava com tanta caganeira que resolveu botar modess na cueca, mas colocou com as linhas adesivas viradas  para cima e quando foi tirá-lo, levou metade dos pêlos do cu junto. Mas era tarde demais para tal artifício absorvente. Tinha menstruado tanta merda que nem uma bomba de cisterna poderia ajudá-lo a limpar a sujeirada. Finalmente, chegou ao aeroporto e, saindo apressado, com passos curtinhos, suplicou ao amigo que apanhasse sua mala no bagageiro do ônibus e a levasse ao sanitário do aeroporto para que ele pudesse trocar de roupas. Correu ao banheiro e, entrando de box em box, constatou a falta de papel higiênico em todos os
cinco. Olhou para cima e blasfemou:

- "Puta que pariu!".

Entrou no último, sem papel mesmo, e tirou a roupa toda para analisar sua situação (que concluiu como sendo o fim do poço) e esperar pela mala da salvação com roupas limpinhas e cheirosinhas e com ele uma lufada de dignidade no seu dia. Seu amigo entrou no banheiro com pressa, tinha feito o "check-in" e ia correndo tentar segurar o vôo. Jogou por cima do box o cartão de embarque e uma maleta de mão e saiu antes de qualquer protesto. Ele tinha despachado a mala com roupas. Na mala de mão só tinha um pulôver de lã gola "V". A temperatura em Buenos Aires era aproximadamente de 35 graus. Desesperado, começou a analisar quais de suas roupas seriam, de algum modo, aproveitáveis. Suas cuecas, jogou no lixo. A camisa era história. As calças estavam deploráveis e, assim como suas meias, mudaram de cor tingidas pela merda. Seus sapatos estavam nota 3, numa escala de 1 a 10 . Teria que improvisar. A invenção é mãe da necessidade. Então, ele transformou uma simples privada em uma magnífica máquina de lavar. Virou as calças do lado avesso, segurou-a pela barra e mergulhou a parte atingida na água. Começou a dar descarga até que o grosso da merda se desprendeu. Estava pronto para embarcar. Saiu do banheiro e atravessou o aeroporto em direção à área de desembarque trajando sapatos sem meia, as calças do lado avesso e molhadas da cintura ao joelho (não exatamente limpas) e o pulôver gola "V" sem camisa. Mas caminhava com a dignidade de um lorde.
Embarcou no avião, onde todos os passageiros estavam esperando o "RAPAZ QUE ESTAVA NO BANHEIRO" e atravessou todo o corredor até o seu assento ao lado do amigo que sorria. A aeromoça aproximou-se e perguntou se precisava de algo. Ele chegou a pensar em pedir uma gilete para cortar os pulsos ou 130 toalhinhas perfumadas para disfarçar o cheiro de fossa trasbordante, mas decidiu não pedir:

- "Não preciso de nada, obrigado. Eu só quero esquecer este dia de merda!!!”

Continue lendo >>

Sempre diga: “Se Deus quiser”!

Eu, na minha juventude, não transviada, diga-se de passagem, tinha a mania de dizer que faria uma coisa “chovesse ou fizesse sol”. Algumas pessoas me advertiam e diziam: “André, diga ‘Se Deus quiser farei tal coisa’”. Eu não dava bola e continuava achando que era o tal.

Em 1985, as aulas na minha faculdade começaram exatamente no dia 4 de março e eu, belo vagabundo que era, não costumava ir nas 3 primeiras semanas, alegando “que eram semanas de trotes, de bagunça etc”.

No dia 15 de março de 1985, sexta-feira, minha colega Carla Maria me telefonou e perguntou:

- E aí, vagal, não vai à faculdade mais não?

Eu enchi o peito e disse:

- Segunda-feira, dia 18, aconteça o que acontecer, eu irei à faculdade. Chega de faltar, né?

Dia 18 de março, minha mãe faleceu à 1h30 da madrugada, eu não fui à faculdade nem naquele dia nem nos outros daquela semana, passando a ir só no dia 25.

A partir daí, eu digo sempre coisas do tipo: “Vou comprar pão e já, já volto, se Deus quiser”.

Quem me conhece, sabe que sou espírita, mas não freqüento centros (por pura preguiça e por não poder ficar muito tempo sentado devido a minha hérnia de disco lombar) e não sou fanático, mas da minha boca a linda palavra DEUS sai pelo menos umas cem vezes por dia!

Continue lendo >>

Como andar de elevador

Este post é muito útil para aquelas pessoas que sempre moraram em casas e nunca visitaram um prédio alto que tenha elevador.

Elevador é o que poderíamos chamar de “meio de transporte interno” de um edifício.

Com o elevador você pode subir ou descer os andares de um prédio, em vez de ter que fazer isso pelas escadas.

Agora, vamos aprender a andar de elevador. Siga os passos:

1. Entre em um edifício que tenha pelo menos um elevador. Localize-o. Se não encontrá-lo logo de cara, pergunte a alguém onde fica o elevador. Pode ser que haja mais de um. Não se preocupe. Eles funcionam da mesma maneira.

2. Uma vez conhecido o local onde se encontra o elevador, dirija-se para lá. Pare em frente do elevador e aperte, a sua frente, o botão que fica ao lado da porta do elevador, que deve estar fechada. Se estiver aberta, com pessoas entrando ou saindo, tanto melhor para você.

3. Quando o elevador chegar ao andar em que você está, ele ficará parado até que outra pessoa de um andar acima ou abaixo o chame. Se isso acontecer sem você ter aberto a porta e entrado nele, o mesmo subirá ou descerá. Se você estiver no primeiro andar, por exemplo, a garagem, ele não poderá descer, porque elevadores não são fortes o suficiente para “rasgar” o chão.

4. Se o elevador chegar ao seu andar, você deve abrir a porta e entrar nele, cuidadosamente, ainda mais se houver outras pessoas em seu interior.

5. Não havendo ascensorista, é você quem deve dar o comando para que o elevador vá até o andar que deseja. Para isso, olhe o painel que sempre está junto à porta. Ali estão diversos números, que representam os andares. Se você quiser ir ao 10º andar, aperte o botão 10, apenas uma vez.

6. Havendo outras pessoas no interior do elevador, limite-se a cumprimentá-las em voz baixa e fique quieto. Em hipótese alguma solte um peido ou comece a falar sozinho.

7. Se você estiver sozinho, evite fazer caretas e coçar as partes íntimas, pois pode haver uma câmera no elevador e todos os seus gestos serão captados e, talvez, gravados.

8. Quando o elevador chegar ao andar que você deseja, ele irá parar e abrir a porta. Saia normalmente. Não é preciso empurrar a porta, pois ela é programada para se fechar sozinha após a pessoa ter saído do elevador.

9. Para descer, depois, repita o procedimento ensinado.

10. Havendo ascensorista, você não precisa fazer nada, apenas saudá-lo e pedir para ir ao andar que deseja. Nesse momento, você verá que o ascensorista irá apertar o botão que você teria de apertar se estivesse sozinho.

11. Pode acontecer de o elevador não ter ascensorista, mas estarem algumas pessoas em seu interior e alguém, gentilmente, lhe perguntar em que andar você vai. Diga o andar e a pessoa apertará o botão em seu lugar, poupando-lhe tempo e trabalho. Diga “obrigado” e aguarde o seu andar. Saia normalmente, despedindo-se das pessoas da forma mais breve possível. Não é preciso dar a mão a cada pessoa ou mesmo tentar beijar o rosto das mulheres presentes, se houver.

Viu como é fácil andar de elevador? Na próxima semana, ensinarei a vocês como proceder no caso de o elevador parar por algum motivo técnico ou falta de energia elétrica. Até lá!

Continue lendo >>

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Fim de Noite – Juiz decreta toque de recolher para menores no interior da Bahia

O título deste post não é nenhuma pegadinha nem invenção. Um juiz do interior da Bahia, acreditando que os menores de idade soltos à noite e madrugada afora constituem um problema e agravam a criminalidade, decidiu instituir o toque de recolher em trêsw municípios do interior baiano. Quem tem até 12 anos de idade não pode ficar além das 20h30 na rua. Os maiores de 14 e menores de 16 anos precisam voltar para casa até as 22h. Já quem tem entre 16 e 18 anos (incompletos) a permissão para ficar na rua se estende até o horário das 23h.

Minha opinião: este toque de recolher deveria vigorar em todos os municípios brasileiros, pois é sabido que o menor, conhecedor dos seus direitos, faz e apronta o quanto quer e nunca é punido. Quando eu digo “o menor”, não são todos, mas aqueles que adoram arrumar confusão.

Leia a introdução da matéria do UOL logo abaixo e depois clique no link seguido da matéria para ir à página onde está a notícia.

Começa a vigorar a partir desta segunda-feira (15) o toque de recolher para crianças e adolescentes de três cidades do interior baiano: Santo Estêvão, Ipecaetá e Antônio Cardoso, localizados respectivamente a 147, 161 e 141 km de Salvador.
A medida foi determinada pelo juiz José Brandão Neto, que assumiu a comarca de Santo Estevão em fevereiro. O objetivo é tentar reduzir os índices de criminalidade na região. Segundo a polícia da cidade, cerca de 60% dos delitos no município, assim como nas duas cidades vizinhas, são praticados por menores de idade.

FONTE: UOL – NOTÍCIAS - COTIDIANO

Continue lendo >>

As 15 Novelas com maior audiência da TV

Segundo Aguinaldo Silva, em seu blog, as 15 maiores audiências de telenovelas globais foram:

1) “Roque Santeiro” (1985) 67 pontos

2) “Tieta” (1989) 63

3) “O Salvador da Patria” (1989) 62

4) “Renascer” (1993) 60

5) “Rainha da Sucata” (1990) 59

6) “Pedra sobre Pedra” (1992) 57

7) “Fera Ferida” (1993) 56

8.) “Vale Tudo” (1988) 56

9) “O Rei do Gado” (1996) 52

10) “De Corpo e Alma” (1992) 52

11) “Senhora do Destino” (2004) 50

12) “A Próxima Vítima” (1995) 50

13) “América” (2005) 49

14)“A Indomada” (1997) 48

15) “O Dono do Mundo” (1996) 47

Discordo, pois estão se esquecendo de citar “A Viagem”, de 1994, “Selva de Pedra”, em 1972, “Pecado Capital”, em 1975 e outras mais que também tiveram números expressivos no Ibope. “Selva de Pedra” cravou quase 100 pontos no dia em que Simone é desmascarada por Cristiano. O país inteiro parou para ver esse capítulo-chave na trama. Eu me lembro bem. No dia seguinte, cheguei à escola pela manhã e não se falava em outra coisa.

Levando-se em conta as outras emissoras, não podemos nos esquecer de “As Pupilas do Senhor Reitor” (1970), pela TV Record, do tempo da Família Machado de Carvalho, “O Direito de Nascer” (1ª versão) e “Ídolo de Pano”, na TV Tupi e muitas outras.

E essa medição feita pelo Ibope, na minha modesta opinião, não é realística. Vejam só: uma única vez o pesquisador do Ibope bateu na minha casa. Perguntou quantas TVs nós tínhamos. Eu respondi que eram 3. Em seguida, ele perguntou quantas estavam ligadas. Minha resposta foi duas. Por último, ele quis saber quais canais estavam sintonizados. Eu lhe disse que na sala meu avô estava assistindo à TV Gazeta e eu, no quarto, à TVS. Pelo que eu saiba, naquela vez, eu fui o único morador da rua entrevistado pelo Ibope. Que raio de pesquisa é essa?

Continue lendo >>

Mensagens para Meditação – Mensagem do 2º Dia

Mais uma mensagem para você ler, refletir e, com muita fé, meditar. Se o fizer, pode ter certeza de que alcançará seus objetivos.

TENHO SAÚDE PARA DAR E VENDER

Sou filho de Deus, em carne e essência.

Como Seu filho, sou uma criatura saudável. Tenho saúde para dar e vender.

Meu organismo todo funciona na mais perfeita harmonia.

Me sinto bem todos os dias, desde a hora em que me levanto ao momento que me deito para dormir.

Meu sono é tranqüilo e contínuo. Durmo o necessário para me reabastecer e, assim, poder fazer as minhas coisas no dia seguinte.

A alimentação cumpre o seu papel na minha vida. Só me alimento de coisas boas, principalmente pensamentos.

Tenho saúde física, mental, psíquica, emocional e espiritual.

Esta é uma verdade que levo para a minha mente, e ali deve ficar. Sempre.

Continue lendo >>

domingo, 14 de junho de 2009

Fim de Noite – Piadas diversas

Como sempre, gosto de postar piadas à noite para que os leitores do blog se divirtam, relaxem e tenham uma boa noite de sono.

QUEM É SURDO?

O velhinho ligou para o consultório do médico a fim de marcar uma consulta para sua esposa. A secretária perguntou:

- O que tem sua esposa?

- Surdez! Ela não ouve nada! Está surdinha da silva…

A secretária, então, disse:

- Para adiantarmos as coisas, o senhor terá que fazer um teste com sua esposa.

- E como é o teste?

- Fácil… O senhor fica a uma certa distância de sua esposa e lhe diz algo, em tom normal de voz, até perceber a que distância ela consegue ouvi-lo bem. Isso vai ajudar muito no diagnóstico do médico.

- Está certo! – disse o velhinho, e desligou o telefone.

Sabendo que a mulher estava no quarto, ele pensou em fazer o teste imediatamente. Do meio da escada, em tom normal de voz, perguntou:

- Que teremos para o jantar?

Nada. Nenhuma resposta.

- Andou mais alguns passos e tornou a perguntar:

- Que teremos para o jantar?

Nenhuma resposta.

- Chegou perto da porta do quarto e perguntou de novo:

- Que teremos para o jantar?

Nenhuma resposta ainda. Então, o velhinho entrou no quarto, se aproximou da mulher e perguntou mais uma vez:

- Que teremos para o jantar?

E a mulher, irritada:

- Já disse 4 vezes que é frango ensopado, seu velho surdo!

ESSA VEM LÁ DE CUBA

Em Cuba, a professora pediu aos alunos que fizessem uma pequena redação com o tema “revolução”. Meia hora depois, um dos alunos se levantou e disse:

- Terminei a minha redação. Posso ler?

A professora disse:

- Pois bem, Jaimito, leia em voz alta para a classe toda!

E o menino começou a ler:

- Ontem, a minha gatinha teve cinco filhotinhos e todos eles são revolucionários!

A professora gostou do que o aluno escreveu e foi à diretoria para comunicar o fato ao seu superior. Este pegou o telefone e ligou para o inspetor que prometeu ir à escola em alguns dias.

Passados 3 dias, o inspetor foi à escola e a professora chamou Jaimito para que ele lesse sua redação na frente do inspetor. O menino leu em voz alta:

- A minha gatinha teve cinco filhotinhos e três são revolucionários…

A professora interrompeu:

- Jaimito, três dias atrás, você leu a mesma redação e disse que todos os filhotinhos eram revolucionários, por que agora você disse que só três são revolucionários?

E o menino:

- É que dois gatinhos abriram os olhos!

CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO MAU

Diálogo entre Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau:

- Nossa, lobo, você tem o rosto tão vermelho!

- Sim, sim…

- Nossa, lobo, você está com o pescoço todo contraído!

- Sim, sim…

- Nossa, lobo, você está também apertando os dentes!

E o lobo:

- Arre! Deixe-me cagar em paz, Chapeuzinho Vermelho!!!

Continue lendo >>