quinta-feira, 4 de junho de 2009

Crendices populares

Todo o mundo tem uma crendice ou uma superstição, no mínimo, não tem? Eu tenho as minhas, como, por exemplo, quando quero dispensar visita chata, ponho uma vassoura atrás da porta da cozinha, virada de ponta-cabeça. A visita se vai rapidinho e nunca mais volta…

Brincadeiras à parte, muitas coisas que fazemos, até sem perceber, fazem parte das crendices do povo, e é legal a gente conhecer as mais famosas.

Neste site, você vai encontrar muitas crendices e aposto que em algumas delas você acredita.

Eu, por exemplo, passo por debaixo de escadas, não tenho medo de cruzar com gato preto no meio da rua, mas fico cabreiro quando derramo sal na mesa (apesar de fazer tempo que não como sentado à mesa…) e, também, quando cai algum talher. Dizem que, dependendo do talher, pode ser visita inesperada.

A última visita inesperada que tive trouxe uma carga tão ruim, mas tão ruim, que eu caí em depressão tão logo ela se foi. Acredite se quiser, mas isso, com certeza, existe!

2 comentários:

das disse...

Hi!
Crendices, sim?
Eu também tenho algumas. Por mais que saibamos o quanto isso é tolice, quando percebemos já estamos pensando nelas.
As que me afetam são a da escada (não passo debaixo mesmo!); quando o cílio treme (do lado esquerdo é coisa ruim e do direito coisas boas!); com o gato preto já é um pouco complicado - é difícil sair correndo atrás de um gato preto no meio da rua, nos dias de hoje! - mas quando dá eu ando mais rápido!!

rsrsrs

Até mais!!

Bronca no Trombone disse...

A do cílio esquerdo tremer eu não conhecia. E, de vez em quando, isso me acontece. Sei que é nervoso, mas da próxima vez vou observar o que acontece depois.

Obrigado pelo comentário!

Beijos,

André